domingo, 7 de maio de 2017

O Dia do Esquecimento


Não há o dia do esquecimento, porque são muitos, para ser mais preciso, são 364 dias no ano comum, no bissexto há que somar mais um.
Eu sei que tenho queda para desmancha-prazeres, e vir para aqui com uma conversa destas neste dia é mais uma prova disso. É a vida…
E isto porquê?
Hoje é o dia da mãe, nos restantes dias nem nos recordamos que essa “coisa” existe (“coisa”, para os mais distraídos, leia-se mãe).
Mas há outros, há o dia do pai, há o dia da criança, há o dia da liberdade… Resumindo, no ano há sempre um dia de qualquer coisa, o resto do ano é aquilo que todos sabemos e fingimos não saber.